Pesquise a sua casa passo a passo

SIGA OS SEGUINTES PASSOS PARA OBTER O SEU RELATÓRIO DE VALOR IMOBILIÁRIO

  • 1 Preencha o formulário abaixo com os dados do fogo cujo valor/renda pretende determinar.
  • 2 Confirme antes de submeter o formulário.
  • 3 Preencha os campos com os seus dados de contacto.
  • 4 Proceda ao pagamento eletrónico do serviço. Cada Relatório tem um preço de 30,00€.
  • 5 Os dados do imóvel serão reportados à Confidencial Imobiliário (Ci) que em 24 horas* devolve um relatório por via eletrónica. Antes de serem enviados, os resultados são validados por um técnico da Ci, recorrendo à análise estatística do mercado / tipologia selecionados.
  • * No caso de pedidos realizados aos sábados, domingos ou feriados, ou após as 18h00, as 24 horas contam-se a partir das 9h00 do 1º dia útil seguinte.

Notícia

Avaliação bancária continua a crescer acima dos 1.300 euros

O valor médio de avaliação bancária segue a sua rota de crescimento, tendo atingido os 1.312 euros no mês de novembro, mais 8 euros que no mês anterior, e mais 8% face a igual mês de 2018.

No conjunto das habitações, a taxa de variação homóloga mais elevada verificou-se no Algarve, onde o valor subiu 10,3%, enquanto que a menor foi registada na região Centro. De acordo com a informação do INE, Algarve, Área Metropolitana de Lisboa, Madeira, Área Metropolitana do Porto, Alentejo Litoral e Alentejo Central registaram valores de avaliação superiores à média nacional (48%, 39%, 22%, 12%, 10% e 4% acima, respetivamente).

Os apartamentos fixaram em novembro um valor médio de avaliação bancária de 1.402 euros/m², mais 9,8% que em 2018, sendo que foi também o Algarve que registou os valores mais elevados, de 1.748 euros/m². Foi nos Açores que os apartamentos ficaram mais caros, numa subida de 12,8%.

No caso das moradias, o valor médio fixou-se nos 1.162 euros/m² em novembro, mais 4,2% em termos homólogos. Os valores mais elevados registaram-se no Algarve, com 1.696 euros/m² e na Área Metropolitana de Lisboa, com 1.632 euros/m².