Pesquise a sua casa passo a passo

SIGA OS SEGUINTES PASSOS PARA OBTER O SEU RELATÓRIO DE VALOR IMOBILIÁRIO

  • 1 Preencha o formulário abaixo com os dados do fogo cujo valor/renda pretende determinar.
  • 2 Confirme antes de submeter o formulário.
  • 3 Preencha os campos com os seus dados de contacto.
  • 4 Proceda ao pagamento eletrónico do serviço. Cada Relatório tem um preço de 30,00€.
  • 5 Os dados do imóvel serão reportados à Confidencial Imobiliário (Ci) que em 24 horas* devolve um relatório por via eletrónica. Antes de serem enviados, os resultados são validados por um técnico da Ci, recorrendo à análise estatística do mercado / tipologia selecionados.
  • * No caso de pedidos realizados aos sábados, domingos ou feriados, ou após as 18h00, as 24 horas contam-se a partir das 9h00 do 1º dia útil seguinte.

Notícia

Especialistas debatem novo Regime para a Reabilitação Urbana

O Regime Excecional para a Reabilitação Urbana (RERU) chegou ao fim e entra em vigor, a partir de 15 de novembro, um novo regime com regras mais apertadas. A Semana da Reabilitação Urbana do Porto e a Ordem dos Engenheiros Técnicos (OET) promovem no dia 13 de novembro uma conferência essencial para todos os profissionais do setor da construção e do imobiliário.

Com a revogação do Regime Excecional para a Reabilitação Urbana - RERU e a aprovação de um novo quadro legal para a reabilitação urbana, está lançada uma nova discussão. Qual o impacto do fim do RERU no licenciamento urbano? O que nos trazem as novas regras? Dificuldades acrescidas ou um regime melhor? Estas e outras questões serão debatidas na manhã do dia 13 de novembro, no Palácio da Bolsa, no âmbito do ciclo de conferências da Semana da Reabilitação Urbana, numa sessão coordenada pela Ordem dos Engenheiros Técnicos (OET).



Desafios da cidade conectada

Os desafios da cidade conectada do futuro também estarão em destaque na Semana da Reabilitação Urbana, num momento em que está em curso a revisão do Plano Diretor Municipal da Invicta, estando assim lançada a discussão sobre a densidade do tecido urbano. A organização acredita na importância de debater o equilíbrio entre uma matriz histórica da malha urbana e a modernidade que queremos imprimir à cidade, uma discussão essencial à cidade e que vai determinar o futuro.

O Palácio da Bolsa vai assim voltar a acolher este evento, uma iniciativa da Vida Imobiliária e da Promevi, este ano sob o mote “Reabilitar, Regenerar, Reutilizar”.

O evento reúne a fileira da construção e do imobiliário, contando com a participação de todos os stakeholders da cidade e do setor. Conta ainda com o apoio da Câmara Municipal do Porto.

Durante esta semana decorrerão neste espaço diversas iniciativas que prometem atrair profissionais e público em geral, residentes e visitantes em torno do impacto económico e social da reabilitação urbana na Invicta e também no país.

Apoiam a Semana da Reabilitação Urbana do Porto na qualidade de Patrocinadores Platina a Schmitt+Sohn Elevadores, a Secil, a Barbot e o Santander. Tem ainda o apoio da CMP e da Associação Comercial do Porto.



Habitação acessível

Entretanto, a nova política de habitação estará em debate no primeiro dia da Semana da Reabilitação Urbana. A sessão de abertura terá lugar pelas 15.00 horas e vai colocar no centro da discussão a habitação, passando por questões como o aumento dos apoios públicos, estabilidade do mercado da habitação ou a necessidade de redução das rendas, numa altura em que o Governo completou uma profunda reforma legislativa e em que a grande aposta está no fomento do mercado de arrendamento e na afirmação da reabilitação urbana como um desígnio nacional.

“Habitação acessível, contributo das políticas de habitação e a realidade de hoje” dá mote a um debate moderado pelo Presidente da Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário – CPCI e da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas – AICCOPN e que conta com a participação do Vereador do Urbanismo da Câmara Municipal do Porto, do Vice-Presidente Executivo da Associação Portuguesa dos Promotores e Investidores Imobiliários – APPII, entre outros convidados, representantes associativos, das ordens profissionais e da banca.

De destacar a intervenção do Vereador do Urbanismo da Câmara Municipal do Porto, Pedro Baganha, que apresentará o programa municipal de habitação para a classe média, os projetos em Monte da Bela (Campanhã), Monte Pedral (Constituição), em Lordelo do Ouro. E ainda a participação da ASPRIMA, a associação dos investidores e dos promotores de Madrid, que contribuirá com a experiência da vizinha Espanha e do programa ‘Vivenda Protegida’.

A celebrar a sua 7ª edição, o programa da Semana da Reabilitação Urbana do Porto destaca também o novo regime para a reabilitação urbana, em vigor já a partir de 15 de novembro. O programa reserva ainda espaço para a análise e discussão em torno das oportunidades e dos desafios trazidos por esta vaga recorde de investimento em imobiliário nacional. Uma cidade em transformação, que responde com novas formas de habitar e das quais já se destacam o alojamento local, o co-living e as residências de estudantes, numa dinâmica crescente e que marcará a agenda deste evento.