Vendas da Vía Célere disparam com o regresso à normalidade

25/07/2020
Via celere BI_MF_EXT 01-V3.jpg

No caso da Vía Célere, foi também uma oportunidade para aperfeiçoar processos e inovações, tanto internos como externamente, que já se aplicavam de forma pioneira há algum tempo e que sempre permitiram estar mais próximo dos clientes.

Neste sentido, especialmente porque a compra de uma nova casa é uma das decisões mais importantes na vida e gera sempre muitas dúvidas, a equipa da Vía Célere continua a oferecer aconselhamento por telefone e videochamada para responder a dúvidas e questões, mantendo os seus clientes informados durante a fase do confinamento.

Um dos processos em que a inovação trouxe benefícios mais evidentes foi na utilização generalizada da assinatura digital para qualquer documento pendente de formalização, bem como visitas virtuais, que já se realizavam em empreendimentos Via Célere desde 2015. Com este sistema, os clientes podem fazer uma visita interativa completa, com uma visão de 360º, não só da sua futura casa, mas também de todas as áreas comuns e arredores de qualquer empreendimento, incluindo o Célere Miraflores em Lisboa e a Célere Portodouro no Porto.

Estes dois empreendimentos, localizados em locais privilegiados nas duas maiores cidades portuguesas, têm uma classificação energética A e as áreas comuns com conceito disruptivo da Via Célere, tais como a sala social-gourmet, o ginásio ou área infantil.

No que diz respeito à equipa local da Vía Célere, tudo o que estava ao alcance foi feito para cuidar dos seus colaboradores. Para além das condições criadas para que os colaboradores trabalhassem a partir de casa, foram também organizados turnos rotativos para aqueles cuja presença era necessária para a sua atividade, assegurando condições de distanciamento social necessárias. Da mesma forma, o regresso em escala ao escritório foi efetuado por fases. No estaleiro de construção, por exemplo, após a retoma total da atividade, foram estabelecidas diretrizes de saúde e segurança para todos os trabalhadores, como a obrigação de se deslocar para o estaleiro de construção com o seu vestuário de trabalho e o estabelecimento de um dia de trabalho contínuo, evitando a aglomeração nos balneários e à hora do almoço.

Felizmente, o regresso à normalidade já está a tornar-se evidente também nos dados comerciais. Por exemplo, entre 15 de maio e 15 de junho, entre Espanha e Portugal, a Vía Célere registou um aumento de 189% nas vendas, enquanto o número de chamadas recebidas aumentou em 139%, as marcações presenciais em 58% e os pedidos de informação em 53%.