Hugo Santos Ferreira
Hugo Santos Ferreira
Vice-Presidente Executivo da APPII

Living Lab APPII SI: Saúde & Imobiliário a promover a Edificação Saudável

04/11/2020

O objetivo desta iniciativa inovadora no nosso País é a criação e promoção de espaços públicos e privados que suportem a qualidade de vida e promovam a saúde dos seus ocupantes.

A recente consciencialização em torno das alterações climáticas, do ambiente e das suas implicações na vida humana foi um importante fast track para a perceção do papel fulcral desta iniciativa na Saúde Pública. Por outro lado, a atual Pandemia COVID-19 veio trazer ainda mais sentido a esta linha de ação, a qual ganhou redobrado sentido e racional de urgência.

Falamos assim de Sustentabilidade Humana e não somente Ambiental.

Ora, o tecido edificado, enquanto sistema em contínua interação com os seus ocupantes, assume um papel central no suporte e promoção deste desígnio, isto é, o da criação de um estilo de vida e de ambientes saudáveis, tornando portanto os distintos stakeholders deste ecossistema como verdadeiros agentes da Saúde Pública, que devem contribuir responsavelmente para o desenvolvimento sustentável da sociedade. Diria mais, o nosso ambiente edificado tem também ele de ser um importante promotor de Saúde Pública.

Pois bem, é por isso que nasce o Living LAB APPII SI, uma unidade de investigação aplicada da NOVA Medical School em parceria com a APPII, ao dispor da sociedade e do sector imobiliário. Pretendemos ter impacto direto e efetivo na comunidade, nos edifícios que construímos e gerimos, sejam eles residenciais, de escritórios, retalho, hotelaria, públicos ou privados. Temos, neste sentido, muito enraizada uma aplicação prática dos que nos propomos fazer. Conciliamos ética e estética, retorno social do investimento e resultados financeiros, mas também inovação, preocupações ambientais e de desenvolvimento humano, tudo em prol de estratégias de sustentabilidade aplicadas a uma economia real, que são, aliás como sabem, instruções diretas das novas políticas europeias para a fileira da construção e imobiliário.

Ainda no âmbito do Living Lab APPII SI e acima de tudo num contexto de crise sanitária e urgência em que vivemos, surge a nossa iniciativa “co/vida20 by NOVA Medical School”, um programa de qualificação para a Saúde do edificado, auxiliando os promotores e gestores de edifícios no desenvolvimento e operacionalização do seu Plano de Contingência customizado face à pandemia COVID-19, adaptando os respetivos espaços às orientações e normas da Direção Geral de Saúde e Autoridades de Saúde. Esta iniciativa contribuirá para a adoção de condutas e comportamentos dos promotores, gestores e utilizadores de edifícios adaptados à nova realidade, capacitando-os a todos como agentes de Saúde Pública, com a adoção de normas e comportamentos orientados para a contenção e mitigação do risco de contágio. Estaremos assim a promover princípios e valores base de cidadania, contribuindo para a minimização do risco de toda a Comunidade. Recordo que nestes difíceis dias de Pandemia, é o edificado o porto de abrigo para a segurança das nossas famílias e de toda a Sociedade.

Para terminar, diria que o Living Lab APPII SI apresenta assim um total alinhamento com a estratégia a longo prazo da APPII, considerando que os seus Associados são os “fazedores de cidades”, isto é, os agentes económicos que são uns dos principais responsáveis pela construção das “cidades do futuro”, onde a questão da Sustentabilidade Humana é central e hoje uma absoluta prioridade. Representando este setor 15% do PIB nacional, o contributo do Living Lab APPII SI na qualificação da oferta imobiliária nacional (e assim do território) será muito importante para a reafirmação pós-Pandemia da imagem de qualidade e segurança de Portugal, capitalizando uma oportunidade que se antecipa no desvio dos fluxos de procura (dos investidores, novos residentes, turistas e mais trabalhadores qualificados).

O que está à espera para diferenciar os seus ativos, tornando-os edifícios saudáveis e contribuindo assim para o bem comum?